Receitas com Soja

A soja granulada grossa ou soja granulada fina, também conhecida por soja texturizada é muito utilizada em substituição da carne em inúmeras receitas. É uma escapatória no inicio ou na transição para o vegetarianismo ou veganismo porque é uma fonte de proteína. Este texto é uma opinião minha, mas podem informar-se mais em relação à soja e à sua utilização.

A soja é conhecida por ser prejudicial à saúde quando consumida em excesso. Mas como sempre digo (antes consumir soja granulada do que comer carne). A carne basta consumir apenas uma vez e já é prejudicial à saúde e a soja apenas quando consumida em demasiado. Eu evito consumir esta soja (a soja granulada/texturizada), não porque seja prejudicial à saúde, mas porque nutricionalmente ela é pobre. (porque para a produzir são utilizados os resíduos dos grãos de soja).

Não devem fazer confusão com a mistura de opiniões que surgem na internet sobre a soja. Existem várias formas de consumir soja e nem toda ela é prejudicial ou pobre em nutrientes. Existe soja nas bebidas vegetais, iogurtes vegetais, tofu, queijos, natas de soja, manteiga de soja, … e esta soja utilizada é diferente da outra que é granulada e pobre em nutrientes. Nestes produtos não são utilizados os resíduos da soja, mas sim os grãos de soja triturados. Por exemplo: no caso das bebidas de soja (que depois também levam aos iogurtes), a soja é triturada com água e coada. No caso do tofu, depois do processo da bebida de soja o líquido é coagulado, utilizado niagari e prensado e ficamos com o tofu.

Atualmente, apoio o consumo deste tipo de soja (granulada/texturizada) por um obejctivo de ajudar todos a fazerem o seu processo de transição, não para sempre. Há quem precise de consumir soja para se sentir confortável a alterar receitas onde o ingrediente é carne ou peixe. Então concordo com esta utilização porque sempre é uma escolha mais ética e saudável. Eu própria também me debrucei na utilização da soja no inicio da minha transição para o vegetarianismo e mais tarde para o veganismo. Hoje em dia ainda o Seitan, o tempeh ou mesmo o tofu ainda são pouco conhecidos e rapidamente optam pela soja do que por um destes ingredientes. Para quem conhece são super simples de trabalhar, mas para quem não conhece acredito que ainda pareçam complexos (mas não são), é tudo uma questão de hábito.

Mas também não precisam de consumir soja granulada grossa ou soja granulada fina (sojas texturizadas), tendo agora conhecimento podem substituir todas as receitas que conhecem com carne ou soja granulada por Seitan (cortado em pedaços, fatias, ou mesmo triturado) e assim já não estão a consumir demasiada soja ou mesmo substituir a soja granulada por tofu.

A soja faz mal aos homens/meninos?Antes de mais, o segredo é consumir tudo com moderação dentro dos possíveis e viver bem dentro da nossa segurança (neste caso alimentar). A soja é rica em fitoestrogénio (que é de origem vegetal) e que é muito parecido com o estrogénio (que é produzido pelas mulheres). Os hormônios funcionam correctamente quando ligados às respectivas células, e o receio é que o fitoestrogénio (da soja), por ser parecido com o estrogénio (das mulheres) consiga ligar-se às células certas e provocar efeitos semelhantes aos das mulheres (seios, voz mais fina, curvas, …) o que na realidade parece impossível de acontecer porque apenas existe a parecença e não a igualdade de hormônios. Também o corpo é inteligente o suficiente para não se deixar enganar. É interessante também dizer que os homens também produzem estrogénio, não na mesma quantidade das mulheres, mas ainda assim produzem.

Há estudos (não posso confirmar que são 100% correctos) que quando a soja é consumida por homens ou crianças (meninos) não há efeitos secundários, nem no desenvolvimento fisico, nem na fertilidade. Existem alguns estudos que dizem que o número de espermatozóides que existe num homem que consome soja é menor do que naqueles que não a consomem. No entanto a ingestão de soja nos homens ajuda a prevenir o aparecimento de cancro na próstata.
Mas como disse ao inicio, se for consumida com moderação parece-me um bom alimento para nos ajudar a substituir aqueles que são realmente mais prejudiciais tanto a homens como a mulheres (os leites, queijos, iogurtes, carnes, etc.)

Se têm ideia de que consomem muita soja durante o dia: em bebidas vegetais, iogurtes, natas, manteiga, queijo, tofu e outros produtos de soja. São processos diferentes da conhecida soja (granulada) que substitui a carne nas receitas.

No meu livro Cozinha 100% Vegetal e Saudável, não utilizo soja granulada/texturizada (por ser pobre nutricionalmente), mas utilizei bebidas vegetais, queijos, natas, tofu e iogurtes de soja sem qualquer problema, pois esta soja é feita através dos grãos de soja.

MODO DE PREPARAÇÃO

A soja é bastante versátil, absorve os sabores dos os outros alimentos assim como temperos.
Utiliza-se da mesma forma que se utilizaria num prato de carne animal. Por exemplo: estufados, cozidos, guisados, fritos ou ainda pratos grelhados. A soja granulada grossa imita nacos de carne enquanto que a soja granulada fina imita carne picada.

BENEFÍCIOS

  • Rico em proteínas (essencial para a reparação e crescimento dos músculos)
  • Baixo teor de gordura
  • Não possui colesterol mau (LDL)