Bolo rei delicioso e fácil de fazer. Sim, apesar de ter alguns passos e parecer que tem imensos ingredientes, é simples e os ingredientes são muito básicos e praticamente repetem-se durante a receita. Começando vão ver que é muito simples. O Bolo Rei é uma receita típica de Portugal que se come entre os dias de Natal e o Dia de Reis. É um bolo cheio de cor (devido às frutas cristalizadas) e em formato de “coroa”. Tradicionalmente leva muitos ovos e leite, o que nos dias de hoje não é de todo necessário. Estes ingredientes apenas o deixam cheio de colesterol e ainda por cima com todo sofrimento a ele agregado. Agora é possível fazermos um bolo Rei sem ovos e sem leite, ou seja 100% vegetal – vegan. Podem ver outras receitas de Natal em: Feriados e Especiais -> Natal

Os truques nesta receita foram saindo enquanto fazia o Bolo. Foi tudo praticamente no momento e saiu certo. As quantidades foram a olho, mas fui apontado tudo para vocês também acertarem. Um truque para imitarem umas frutas cristalizadas é mergulharem, as cascas de laranja e limão em geleia de agave. Para que os frutos secos fiquem estaladiços depois de sair do forno, é mergulha-los também em geleia de agave. Um outro truque para as tâmaras (que são muito pegajosas quando cortadas em pedacinhos é adicionar um pouco de farinha e envolve-las bem na farinha para ficarem soltas. Assim no momento de misturar na massa os pedacinhos não se colam uns aos outros.

Nunca fui muito fã ou apreciadora de Bolo Rei. Porque nunca gostei de frutas cristalizadas. Mas ainda assim gostava muito da massa base. O Bolo Rainha é feito com frutos secos é a diferença entre o Bolo Rei e o Bolo Rainha, porque a massa é a mesma. Tradicionalmente e antigamente o Bolo Rei tinha um brinde (ou seja um presente pequenino embrulhado em papel vegetal – a quem saísse a fatia com o brinde estava livre de pagar o Bolo Rei nesse ano ou de o levar para o Natal em família no próximo ano). Para além do brinde, tinha ainda uma fava (a quem saísse a fava tinha de pagar o bolo nesse ano ou então levar no próximo Natal um Bolo Rei). Havia alguma confusão em relação a esta tradição e por vezes algumas chatices em família, ou ainda alguém engasgar-se com a fava ou com o brinde. Por isso perdeu-se esta tradição e ainda bem. O Bolo Rei também é conhecido por se utilizar o cotovelo para fazer o buraco. Mas porquê? Fi-lo com as mãos muito bem 🙂

Esta receita está disponível para a versão Bimby e Tradicional.

Vegan Bimby Cru Sem Glúten Macrobiótica Preparação Previa
Dificuldade Médio
Duração 2h 30m
Serve 12
csp - Colher de Sopa | cch - Colher de Chá
Ingredientes
Esponja
  • 150ml
    Bebida vegetal, morna (soja, aveia, arroz, ...)
  • 25g
    Fermento padeiro fresco
  • 100g
    Farinha de trigo, branca
Calda
  • ½
    Banana (apróx. 80g)
  • 30ml
    Bebida vegetal (soja, aveia, arroz, ...)
  • 50g
    Manteiga / creme para barrar ou para assar, fria (provamel, alpro, ...)
  • 1
    Limão, raspas
  • 1
    Laranja, raspas
Massa
  • 150g
    Frutos secos (mix: avelãs, amêndoas e cajus) ou/e frutas cristalizadas
  • 12
    Tâmaras medjool
  • 300g
    Farinha de trigo, branca
  • 100g
    Açúcar amarelo
Decoração
  • 1
    Laranja (4 tiras e o resto raspas)
  • 1
    Limão (4 tiras e o resto raspas)
  • 3
    Tâmaras medjool
  • Mix de frutos secos (10 avelãs, 6 cajus e amêndoas palitadas, a gosto)
  • 3 csp
    Geleia de agave

Esponja
  1. Num recipiente coloque a bebida vegetal morna. Desfaça o fermento por cima.
  2. Envolva bem com um garfo até o fermento se desfazer completamente.
  3. Adicione a farinha e envolva até ficar uniforme.
  4. Deixe levedar por 15 minutos, tapado com um pano e num local escuro (pode ser dentro do forno desligado). (imagem 1)
Calda
  1. Num recipiente pequeno esmague a banana e adicione a bebida vegetal. Envolva bem. (esta mistura é a substituição do ovo).
  2. De seguida adicione a manteiga / creme para barrar (derretida), as raspas de limão e laranja e envolva novamente muito bem.
  3. Quanto terminar o tempo da esponja, verta a calda na esponja e envolva até fica uniforme. Tape enquanto prepara a massa.
Massa
  1. Comece por picar grosseiramente os frutos secos. Corte as tâmaras em bocadinhos, coloque-as num recipiente pequeno e envolva um pouco de farinha. (imagem 2) (isto serve para as tâmaras ficarem mais leves e fáceis de envolver). Reserve.
  2. Num recipiente grande, coloque a farinha e o açúcar e envolva um pouco.
  3. Faça um buraco no centro da farinha e adicione a esponja já misturada com a calda. Com um garfo ou uma Vara de Arames misture até obter uma massa homogénea.
  4. Adicione as tâmaras e os frutos secos (e/ou as frutas cristalizadas) e amasse bem a massa para envolver todos os ingredientes e até conseguir formar uma bola que não agarre às mãos.
  5. Coloque a bola dentro do recipiente e polvilhe a superfície com farinha.
  6. Deixe levedar por 1 hora, tapado com um pano e num local escuro (pode ser dentro do forno desligado).
  7. Depois de levedar a massa, coloque a bola num tabuleiro forrado com papel vegetal. Molde a bola num formato redondo e com buraco no meio.
Decoração
  1. Retire 4 cascas da laranja e do limão e raspe o resto da laranja e do limão. Reservando as raspas à parte.
  2. Corte as tâmaras ao meio e retire-lhes os caroços. Corte ao meio as avelãs e os cajus. Reserve.
  3. Pincele toda a superfície e laterais do bolo rei com geleia de agave.
  4. Num recipiente coloque a geleia de agave. Envolva algumas amêndoas palitadas na geleia e depois coloque-as nas laterais do bolo. Faça isto até preencher toda a lateral com as amêndoas. (se preferir pode não passar antes pela geleia, e pince depois de estar no bolo).
  5. Passe agora as cascas da laranja e do limão pela geleia, certificando-se de que ficam todas cobertas com geleia (esta técnica vai ajudar a não queimar as cascas e dar-lhes um aspecto cristalizado). Coloque em cima do bolo.
  6. Passe também as tâmaras, as avelãs e os cajus pela geleia e coloque também em cima do bolo. (se necessário adicione mais geleia)
  7. Tape com um pano e deixe levadar por mais 15 minutos.
  8. Leve ao forno preaquecido a 180 ºC durante 25 a 30 minutos ou até ficar cozido e dourado por cima.
  9. Pincele todo o bolo rei com geleia de agave e decore com as raspas de laranja, raspas de limão e coco ralado (ou açúcar mascavado em pó) por cima.
Esponja
  1. No copo da Bimby coloque a bebida vegetal e programe 1 min | vel 1 | temp 50º
  2. Desfaça o fermento por cima, programe 30 seg | vel 3 | temp 37 ºC
  3. Adicione a farinha e programe 10 seg | vel 3
  4. Retire para um recipiente e deixe levedar por 15 minutos, tapado com um pano e num local escuro (pode ser dentro do forno desligado). (faço a esponja em modo tradicional) (imagem 1)
Calda
  1. Num recipiente pequeno esmague a banana e adicione a bebida vegetal. Envolva bem. (esta mistura é a substituição do ovo).
  2. De seguida adicione a manteiga / creme para barrar (derretida), as raspas de limão e laranja e envolva novamente muito bem.
  3. Quanto terminar o tempo da esponja, verta a calda na esponja e envolva até fica uniforme.
Massa
  1. Comece por picar grosseiramente os frutos secos ou dê 2 toques turbo
  2. Corte as tâmaras em bocadinhos, coloque-as num recipiente pequeno e envolva um pouco de farinha. (imagem 2) (isto serve para as tâmaras ficarem mais leves e fáceis de envolver). Reserve.
  3. Sem lavar a Bimby coloque a farinha e o açúcar, programe 10 seg | vel 4
  4. Adicione a esponja já misturada com a calda, programe 30 seg | vel 3
  5. Adicione as tâmaras e os frutos secos (e/ou as frutas cristalizadas) e para amassar, programe 1 min | vel espiga
  6. Coloque a bola dentro de um recipiente e polvilhe a superfície com farinha.
  7. Deixe levedar por 1 hora, tapado com um pano e num local escuro (pode ser dentro do forno desligado).
  8. Depois de levedar a massa, coloque a bola num tabuleiro forrado com papel vegetal. Molde a bola num formato redondo e com buraco no meio.
Decoração
  1. Retire 4 cascas da laranja e do limão e raspe o resto da laranja e do limão. Reservando as raspas à parte.
  2. Corte as tâmaras ao meio e retire-lhes os caroços. Corte ao meio as avelãs e os cajus. Reserve.
  3. Pincele toda a superfície e laterais do bolo rei com geleia de agave.
  4. Num recipiente coloque a geleia de agave. Envolva algumas amêndoas palitadas na geleia e depois coloque-as nas laterais do bolo. Faça isto até preencher toda a lateral com as amêndoas. (se preferir pode não passar antes pela geleia, e pince depois de estar no bolo).
  5. Passe agora as cascas da laranja e do limão pela geleia, certificando-se de que ficam todas cobertas com geleia (esta técnica vai ajudar a não queimar as cascas e dar-lhes um aspecto cristalizado). Coloque em cima do bolo.
  6. Passe também as tâmaras, as avelãs e os cajus pela geleia e coloque também em cima do bolo. (se necessário adicione mais geleia)
  7. Tape com um pano e deixe levadar por mais 15 minutos.
  8. Leve ao forno preaquecido a 180 ºC durante 25 a 30 minutos ou até ficar cozido e dourado por cima.
  9. Pincele todo o bolo rei com geleia de agave e decorar com as raspas de laranja, as raspas de limão e coco ralado (ou açúcar mascavado em pó) por cima.
Bolo Rei1-3

Bolo Rei2-3
bolo-rei-video